sexta, 24 de outubro de 2014
OSTEOARTROSE - Cuidados para sua saúde
CRM
e-mail
senha

É preciso preencher/cadastrar os dados acima para acesso.

OSTEOARTROSE
LeituraDiminuir letraAumentar letra Versão para Impressão Indicar

A Osteoartrose Femuropatelar

A cada dia mais pessoas procuram os consultórios de especialistas, para tentarem esclarecer queixas de dores em joelhos, que se iniciaram sem uma causa aparente. Referem serem as mesmas contínuas, piorando com movimentos de subir e descer escadas ou, quando se agacham para pegar algum objeto. Na quase totalidade das vezes, são indivíduos jovens ou de meia idade e referem ser freqüentadores de academias. Possuem eles algumas vezes, um ponto em comum, que é o fato de estarem aumentando a carga de exercícios para perna em exercícios tipo semi agachamento (burpee), agachamento completo, leg press ou mesmo hack squat (prensa inclinada).

Para podermos entender estas queixas devemos ter em mente, que quando do movimento de flexão máxima dos joelhos (90 graus), a manutenção deste eixo de movimentação e, da estabilidade desta articulação, é fruto não somente da integridade ligamentar, como também, da musculatura da coxa. Quando do movimento de extensão após a flexão (elevar-se após agachamento), o eixo de movimentação e a estabilidade desta articulação dependem, entre outras coisas, do eixo de escorregamento da patela.

A patela, também chamada de rótula, é um dos ossos que compõem a articulação do joelho, participando ativamente, dos movimentos de flexão e, principalmente, extensão desta articulação. Ela se insere na parte anterior do joelho e, por sua superfície passam os tendões do músculo quadríceps (principal músculo extensor) antes de se inserir na tuberosidade anterior da tíbia.

É a patela que evita o atrito entre a musculatura do joelho quando do movimento de extensão da perna após a flexão, atuando também, no aumento de eficácia desta musculatura (quadríceps). Possue a patela em sua superfície interna uma cartilagem denominada de “Cartilagem patelo-femural”. Quando o joelho encontra-se em sua flexão máxima, no movimento de retorno à extensão (elevação após agachamento), forças vetoriais agem internamente no joelho, de forma que uma alavanca é exercida em sua parte interna facilitando, este movimento.

Para que este movimento ocorra de forma harmônica, deverá a patela escorregar através de um sulco situado entre os dois côndilos do fêmur, denominado sulcu patelar ou incisura intercondiliana (troclear).

Em determinadas pessoas ou atletas, devido a uma má formação congênita ou hipertrofia de determinado grupo muscular da coxa, a patela pode escorregar lateralmente (internamente ou externamente) durante este movimento, fazendo com que ocorra um atrito entre a cartilagem patelar e cartilagem interna da tróclea do fêmur. A repetição de tal fato, poderá acarretar uma lesão que, se persistente, evoluirá para um processo degradativo articular (OSTEARTROSE FEMURO-PATELAR). Estes são os casos sub-luxação ou luxação patelar.

Tal alteração pode ocorrer em qualquer grau de flexão do joelho, podendo o diagnóstico da mesma, ser confirmado radiológicamente por um RX simples axial de patela á 30 graus, 45 graus e 60 graus de flexão.

Em academias de ginástica, exercícios de agachamento completo, semia agachamento (burpee), leg extension, leg press, prensa inclinada ou outros que impliquem em flexo-extensão máxima dos joelhos, podem desencadear ou agravar a sintomatologia decorrente desta alteração (luxação femuro-patelar).

Uma vez instalada esta patologia, o uso de exercícios corretivos, antiinflamatórios e SUBSTÂNCIAS CONDROPROTETORAS poderá auxiliar tanto na prevenção, quanto no tratamento.

Pergunte a um especialista se você está apto para na sua academia, fazer estes exercícios.

A PREVENÇÃO AINDA É A MELHOR OPÇÃO.

Dr. Antonio Carlos Novaes (Reumatologista)
Assistente Estrangeiro da Fac. de Med. de Paris

Para ver a movimentação normal da patela quando da flexão, faça o download do vídeos abaixo para seu computador.

Filme extraído de “Sport Injuries: The Knee / published byPrimal Pictures Ltd”

Dr. Antonio Carlos Novaes (Reumatologista)
Assistente Estrangeiro da Fac. de Med. de Paris

Movimento da patela
Vista em corteVista superiorVista lateral
859Kb - 4,1 min / 28kbps945Kb - 4,5 min / 28kbps1.68Mb - 8,2 min / 28kbps

Todos os direitos reserevados - Proibida a Reprodução Parcial ou Total
Projeto NG Sites