Domingo, 20 de agosto de 2017
Logo

Acesso ao Painel

cadastre-se | esqueci minha senha

  • Leitura
    A A
  • Imprimir
  • Indique nosso site

O impacto sócio econômico da Osteoartrose

O "European Symposia on Clinical and Economic Aspects of Osteoporosis and Osteoarthritis" é uma reunião anual onde tanto a comunidade científica quanto os representantes de entidades médicas governamentais discutem o impacto causado por duas das doenças que vem aumentando sua prevalência, em virtude do envelhecimento populacional no mundo.

Existe uma preocupação governamental e mundial quanto à maneira correta na abordagem terapêutica de doenças como a Osteoporose e Osteoartrose, doenças estas mais freqüentes em países da Europa, onde o número de idosos é maior mas que começa a ser um grande problema de saúde pública também no Brasil.

Neste congresso, sessões científicas de altíssimo nível discutem não só as melhores medicações a serem utilizadas mas, também, a época correta da sua introdução e os critérios para tanto.

Doenças como a Osteoartrose e a Osteoporose geram não somente custos diretos (medicações + internações e cirurgias) mas, também, custos INDIRETOS e não mensuráveis, representados por: imobilidade, diminuição da capacidade de trabalho, diminuição da auto estima, negativação quanto às deformidades, constrangimento pela necessidade de auxílio etc...; custos estes, de igual ou maior importância.

Atualmente, o mesmo arsenal terapêutico à disposição dos países industrializados e de primeiro mundo encontra-se também disponível no Brasil; porém, o conhecimento e acesso a estas drogas é disponível apenas a uma minoria de pacientes que tem a possibilidade de consultar especialistas afinados com as últimas publicações. Tornar estas doenças conhecidas pela população e orientá-la quanto à maneira mais precoce de abordá-las deve ser meta, não somente das indústrias farmacêuticas que primam com a informação médica mas, também, do poder público e da imprensa.

O uso de fármacos com biodisponibilidade e farmacocinética reconhecida e garantida pelas indústrias farmacêuticas controladas pela ANVISA, bem como a utilização de Suplementos Funcionais Nutricionais registrados é a opção correta e segura na abordagem terapêutica correta.

Seja um divulgador de informações.

Dr. Antonio Carlos Novaes
Reumatologista - Assistente Estrangeiro da Fac. de Med. de Paris.