Quarta, 26 de abril de 2017
Logo

Acesso ao Painel

cadastre-se | esqueci minha senha

  • Leitura
    A A
  • Imprimir
  • Indique nosso site

A Biologia Molecular no tratamento da Osteoartrose

A perspectiva mundial, de que até o ano de 2020 o número de idosos no mundo venha a dobrar e, com isso, haja um grande aumento do número de idosos incapazes devido às doenças degradativas articulares e as Doenças Músculo Esqueléticas fez com que a industria farmacêutica investisse maciçamente na descoberta de novos fármacos mais específicos e mais seguros.

Colocar a biologia molecular a serviço da medicina já é hoje, uma realidade, a partir do instante que bactérias tem os seus DNA tratados e começam a se replicar com substâncias que serão utilizadas na fabricação de novos medicamentos condroprotetotes e visco suplementadores.

A chegada no mercado brasileiro de novas medicações, já em uso na Europa e Estados Unidos, para fazerem parte do arsenal terapêutico das especialidades que se dedicam ao tratamento da Osteoartrose, nos mostra um novo caminho promissor, na tentativa de reverter uma maior ou menor incapacidade desta população idosa.

Erros alimentares, sabidamente agravantes na diminuição da taxa de remodelação de células ligados ao tecido conjuntivo, podem hoje ser compensados com o uso de suplementos alimentares funcionais.

O importante é sabermos que não estamos de mãos atadas e, a cada dia, podemos contar com novas e melhores opções para os nossos pacientes.

Uma abordagem medicamentosa correta, aliada a orientações posturais, suplementação alimentar e cuidados constantes, sem dúvida, poderá retardar a evolução das patologias degradativas de uma maneira geral.

Procure o seu especialista e informe-se.

Dr. Antonio Carlos Novaes
Reumatologista - Assistente Estrangeiro da Fac. de Med. de Paris.